Filme com Sonia Braga surpreende na bilheteria norte-americana

Por Marcelo Bernardes

E tudo acabou em feijoada nos cinemas norte-americanos neste final de semana. O filme “Extraordinário”, estrelado por Julia Roberts e com participação especial de Sonia Braga, surpreendeu previsões de analistas do showbiz e de seu distribuidor, o estúdio Lionsgate, arrecadando o dobro do esperado, caso raro em Hollywood. Pré-análises de mercado acreditavam que o filme iria arrecadar entre US$ 9 milhões a US$ 14 milhões. “Extraordinário” encerrou seu final de semana de estreia com faturamento de US$ 27 milhões. O filme custou US$ 20 milhões para ser rodado.

As atrizes Izabela Vidovic e Sonia Braga em cena de “Extraordinário”, sucesso inesperado de bilheteria no final de semana. (Foto: Reprodução)

Estúdio e analistas começaram a perceber que havia algo diferente na procura por ingressos de “Extraordinário” na sexta-feira (17), quando várias escolas fizeram a sala de cinema ser um dos destinos da tradicional excursão de alunos antes do recesso do feriado de Ação de Graças, a ser celebrado quinta (23) nos Estados Unidos. O filme é baseado em livro homônimo da escritora americana R.J. Palacio, grande sucesso por entre o público infanto-juvenil e leitura incentivada nas principais escolas ginasiais desde seu lançamento em 2012. No Brasil, o livro foi lançado pela editora Intrínseca.

O sucesso inesperado de “Extraordinário” afetou dois grandes lançamentos de cinema durante o final de semana. Fez o filme de super-heróis da DC Comics “Liga da Justiça” arrecadar menos e tirou público do desenho “A Estrela de Belém”, história do nascimento de Jesus Cristo contada sob o ponto de vista dos animais. O filme também encantou a crítica, gerando inúmeras críticas positivas, incluindo as dos jornais The New York Times e “Wall Street Journal, e recebeu nota A+ do público que participou das sessões-testes promovidas pelo estúdio antes do lançamento oficial.

Escrito e dirigido por Stephen Chbosky (responsável por “As Vantagens de Ser Invisível, outra adaptação literária teen de sucesso),  “Extraordinário” conta a história de Augie Pullman (Jacob Tremblay, do filme “O Quarto de Jack”), garoto que nasceu com uma deformidade facial. Após ser educado em casa pela mãe (Julia Roberts) até os dez anos de idade, ela e o marido (Owen Wilson) decidem que está na hora do filho frequentar uma escola normal. O filme acompanha, de forma sensível e sem cair no piegas, os problemas de aceitação e bullying enfrentados pelo garoto no ginásio.

Julia Roberts e o garoto Jacob Tremblay no filme “Extraordinário” (Foto: Divulgação)

A história é contada sob o ponto de vista de Augie, da irmã mais velha dele, Via (Izabela Vidovic), e dos melhores amigos de ambos. Após o nascimento do irmão, Via passa a ganhar menos atenção dos pais. Ela vem a ressentir ainda mais disso, quando os problemas do garoto na escola passam a ser o principal foco de discussão em jantares familiares. Em seu segmento no filme, Via desabafa que tudo piorou, com a morte de sua melhor amiga: a avó materna, interpretada por Sonia Braga.

A atriz brasileira aparece em cena de flashback, sentada na praia novaiorquina de Coney Island, reconfortando a neta e externando sua predileção pela garota. Braga não contracena com a “filha” Julia Roberts, mas em determinado momento do filme, Julia e Tremblay anunciam que estão indo ao supermercado para comprar ingredientes “para preparar o prato preferido” do marido: “feijoada” (ambos os atores capricham na pronúncia da palavra). A trilha sonora do filme também tem sabor brasileiro: ela foi composta pelo músico paulista Marcelo Zarvos. “Extraordinário” estreia dia 7 de dezembro no Brasil.