Dois filmes brasileiros vão participar de prestigiada mostra do MoMA

Por Marcelo Bernardes

Os filmes brasileiros “Arábia” (imagem acima), dos cineastas mineiros Affonso Uchôa e João Dumans, e “Pendular”, da diretora carioca Julia Murat, vão fazer parte da 46a. edição da prestigiada mostra “New Directors/New Films”, organizada pelo departamento de cinema do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA. O evento, que reúne filmes de 32 países, acontece entre 15 a 26 de março.

“Arábia”, que participou da competição oficial do Festival de Roterdã, em janeiro, é um road movie que conta a história de um jovem morador de um bairro pobre de Ouro Preto, que descobre um caderno de anotações de um operário, vitimado por um acidente de trabalho. Ao ler o diário, o jovem toma conhecimento dos dez últimos anos de vida do operário, e as viagens deste pelo Brasil em busca de trabalho.

Já “Pendular”, exibido recentemente na mostra Panorama, seleção paralela do Festival de Berlim, onde ganhou um prêmio da Fipresci, federação que reúne críticos de cinema do mundo todo, é um filme com pinceladas eróticas que acompanha o relacionamento de um casal – um escultor e uma dançarina. Apesar de viverem no mesmo espaço, este é delimitado por uma linha traçada no chão, que divide o campo de ação de cada um. Trata-se do segundo filme de Murat selecionado pela “New Directors/New Films”. Em 2012, a mostra exibiu “Histórias que Só Existem Quando Lembradas”.

Cena de “Pendular”, segundo filme da cineasta Julia Murat a participar da mostra do MoMA. (Foto: Divulgação)

A “ND/NF” privilegia o primeiro ou segundo trabalho de cineastas emergentes nos Estados Unidos e ao redor do mundo. No passado, a mostra apresentou ao público trabalhos de Steven Spielberg, Pedro Almodóvar, Wong Kar-wai e Spike Lee. Mais recentemente, introduziu nomes como os da cineasta australiana Jennifer Kent (do terror “The Babadook”),  do americano J.C. Chandor (“Margin Call – O Dia Antes do Fim” e “O Ano Mais Violento”) e do brasileiro Gabriel Mascaro, cujo filme “Boi Neon” foi um dos grandes sucessos da mostra em 2016.

Sucesso em Sundance, o filme “Patti Cake$, sobre uma rapper de Nova Jersey, inaugura a mostra. (Foto: Reprodução)

O filme de abertura da “ND/NF”, no dia 15 de março, é um dos grandes sucessos do Festival de Sundance deste ano: “Patti Cake$”, que marca a estreia na direção do americano Geremy Jaspar. O longa acompanha a trajetória de uma rapper em ascensão.

Entre os outros filmes selecionados estão: “Beach Rats”, da americana Eliza Hittman, também sucesso em Sundance; “4 Days in France”, do francês Jérôme Reybaud; “Albüm” do turco Mehmet Can Mertoglu; “Lady Macbeth”, do inglês William Oldroyd; e “Sexy Durga”, thriller do indiano Sanal Kumar Sasidharan.

Cena do thriller indiano “Sexy Durga”. (Foto: Divulgação)