Cambistas não conseguem faturar com a posse de Trump

Por Marcelo Bernardes

O próximo presidente dos EUA não é nada pop.

A posse de Donald Trump está criando uma grande dor de cabeça para os cambistas. Muitos deles estão tendo dificuldades em revender, com valores inflacionados, ingressos para a cerimônia que acontece sexta-feira (20) em Washington.

Em entrevista ao jornal “Daily News” de hoje (17), um cambista, que pagou US$ 700 por dois ingressos oficiais para a posse, esperava faturar o dobro deste valor. Até o momento, sua maior oferta foi a de US$ 200 pelos dois convites. No site craigslist, ingressos estão sendo vendidos por preços bem baixos, entre US$ 175 a US$ 400.

A falta de interesse parece ser bem explicada pela pesquisa da CNN/ORC divulgada hoje (17): Trump será o presidente com a menor aprovação (40%) ao assumir a Casa Branca na história recente. Em 2009, na posse de Barack Obama, este contava com uma aprovação de 80%. Em 2001, George W. Bush teve 61%.

Abaixo a charge de hoje (17) do “Daily News”: “Nada para (o musical) ‘Hamilton’. Que tal ingressos para a posse? Tenho um montão deles”.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)