Vik Muniz retrata o filho e desconhecidos em nova estação de NY

Por Marcelo Bernardes

Em 1957, um artigo do jornal “The New York Times” sobre o projeto de expansão do metrô da Segunda Avenida, que beneficiaria milhares de moradores do Upper East Side, em Manhattan, começava assim: “Projeto antigo e prometido para o ano de 1951, o metrô da Segunda Avenida provavelmente nunca será construído”.

Após quase 100 anos de espera (o projeto foi proposto em 1919), o atual governador de Nova York, Andrew Cuomo, fez no primeiro minuto de 2017 a viagem inaugural da extensão da linha Q do metrô, que compreende três estações com entrada na Segunda Avenida: entre as ruas 72 e 96. As estações começaram a ser construídas em abril de 2007 e custaram ao cofre do estado um total de US$ 4.5 bilhões. Elas foram finalmente abertas ao público ao meio-dia de hoje (1), com horário limitado de acesso. No dia 9, as três estações passam a funcionar normalmente, ou seja, com trens circulando 24 horas por dia.

No primeiro dia de funcionamento, o metrô estava lotado com moradores da região, curiosos que vieram até de outros estados e países, e imprensa em geral. Além de experimentarem a linha pela primeira vez, muitos visitantes estavam de olho mesmo nas obras de arte permanentes criadas por quatro artistas residentes em Nova York e que foram comissionados pela Companhia de Transporte Urbano da cidade, a MTA.

Entre eles, está o paulista Vik Muniz, responsável por quase duas dúzias de mosaicos em tamanho natural que mostram moradores “normais” de Nova York. Muniz tem toda a estação da rua 72 para mostrar seu trabalho. Os outros artistas são os americanos Sarah Sze (estação 96th Street) e Chuck Close (estação 86th Street); e a sul-coreana Jean Shin (estação 63rd Street, a única das estações que já existia).

A obra de Muniz, intitulada “Perfect Strangers”, reúne amigos e conhecidos do artista, entre eles o casal gay Thor Stockman e Patrick Kellogg; famosos como o renomado chef francês Daniel Boulud (segurando uma sacola de plástico que contem flores e um peixe), o fotógrafo e artista francês JR e o empresário da noite, designer e ator indiano Waris Ahluwalia, que fez participação no filme “A Vida Marinha de Steve Zissou”; anônimos como uma executiva usando tênis e carregando o sapato de salto alto na mão; e um guarda com um picolé.

Muniz também criou um auto-retrato (ver acima), em estilo Norman Rockwell, vestindo uma capa de chuva e tentando agarrar uma pasta que se abriu, esparramando documentos e calculadora. O filho de Muniz, Gaspar, de 26 anos, também aparece num dos mosaicos, usando uma fantasia de tigre. Os mosaicos de Muniz foram fabricados por Franz Mayer, em Munique.

Abaixo algumas das criações de Muniz para a estação 72nd Street:

Na entrada da estação da rua 72, retrato de um hipster olhando para um balão. (Foto: Marcelo Bernardes)
Na entrada da estação da rua 72, retrato do fotógrafo e artista francês JR olhando para um balão. (Foto: Marcelo Bernardes)
Antes de passarem pela catraca, usuários podem ver esse mural com crianças e balão no subsolo da estação da rua 72. (Foto: Marcelo Bernardes)
Antes de passarem pela catraca, no subsolo da estação, usuários podem ver esse mosaico de Muniz com crianças e balão. (Foto: Marcelo Bernardes)
Os três sets de crianças do lobby da estação. (Foto: Marcelo Bernardes)
Vista geral, com os três sets de crianças, do lobby da estação. (Foto: Marcelo Bernardes)
Já dentro da estação, mais um mural com balão . (Foto: Marcelo Bernardes)
Já dentro da estação, mais um mural com balão . (Foto: Marcelo Bernardes)
Detalhe do mural anterior. (Foto: Marcelo Bernardes)
Detalhe do mural anterior. (Foto: Marcelo Bernardes)
Muniz imortalizou o amigo, o chef francês Daniel Bouloud, dono dos famosos restaurantes Daniel, Café Bouloud e DBGB Kitchen, no metrô de NY. (Foto: Marcelo Bernardes)
Muniz imortalizou o amigo, o chef francês Daniel Boulud, dono dos famosos restaurantes Daniel, Café Boulud e DBGB Kitchen, no metrô de NY. (Foto: Marcelo Bernardes)
Mais moradores "comuns" da série "Perfect Strangers". (Foto: Marcelo Bernardes)
Mais moradores “comuns” da série “Perfect Strangers”. (Foto: Marcelo Bernardes)
Diogo, filho de Vik Muniz, aparece vestido como fantasia de tigre. (Foto: Marcelo Bernardes)
Gaspar, filho de Vik Muniz, aparece vestido como fantasia de tigre. (Foto: Marcelo Bernardes)
Detalhe do mural com o filho de Vik Muniz. (Foto: Marcelo Bernardes)
Detalhe do mural com o filho de Vik Muniz. (Foto: Marcelo Bernardes)

 

Geral da estação da rua 72. (Foto: Marcelo Bernardes)
Geral da estação da rua 72. (Foto: Marcelo Bernardes)
Mais personagens da série "Perfect Strangers". (Foto: Marcelo Bernardes)
Mais personagens da série “Perfect Strangers”. (Foto: Marcelo Bernardes)

 

Qualquer semelhança com o ex-presidente Lula é mera coincidência! (Foto: Marcelo Bernardes)
Qualquer semelhança com o ex-presidente Lula é mera coincidência! (Foto: Marcelo Bernardes)
Visão geral do auto-retrato de Vik Muniz. (Foto: Marcelo Bernardes)
Visão geral do auto-retrato de Vik Muniz. (Foto: Marcelo Bernardes)
O designer e ator indiano ?? ?? e executiva com o sapato de salto alto na mão. (Foto: Marcelo Bernardes_
O designer e ator indiano Waris Ahluwalia e executiva com o sapato de salto alto na mão. (Foto: Marcelo Bernardes_
Policiais posam na frente do mural de Muniz. (Foto: Marcelo Bernardes)
Policiais posam na frente do mural de Muniz. (Foto: Marcelo Bernardes)
Detalhe do mosaico com o policial segurando picolé. (Foto: Marcelo Bernardes)
Detalhe do mosaico com o policial segurando picolé. (Foto: Marcelo Bernardes)
Enfermeira e o casal gay do Brooklyn Thor Stockman e Patrick Kellogg. (Foto: Marcelo Bernardes)
Enfermeira e o casal gay do Brooklyn Thor Stockman e Patrick Kellogg. (Foto: Marcelo Bernardes)