Filmes brasileiros entram em mostra do MoMA dos melhores de 2016

Por Marcelo Bernardes

O impacto causado pelos filmes “Aquarius”, de Kléber Mendonça Filho, e “Cinema Novo”, de Eryk Rocha, em festivais internacionais e, no caso do primeiro, também nos cinemas americanos, onde a produção estrelada por Sonia Braga está em cartaz há duas semanas, é cada vez mais reconhecido pelos críticos americanos. Ambas produções foram selecionadas para serem exibidas na mostra “The Contenders”, organizada anualmente pelo museu MoMA, de Nova York.

A ênfase da mostra é criar uma seleção dos melhores filmes do ano, e que têm chances na temporada de premiação de cinema, que começa em dezembro e culmina com a entrega do Oscar, em fevereiro. Todos as sessões são acompanhadas da participação de elenco ou diretor para debates com os convidados. Eryk Rocha e Sonia Braga vão falar sobre seus respectivos filmes no MoMA.

Mostra"The Contenders" começa com a exibição de "A Chegada", ficção-científica estrelada por Amy Adams. (Foto: Divulgação)
Mostra”The Contenders” começa com a exibição de “A Chegada”, ficção-científica estrelada por Amy Adams. (Foto: Divulgação)

A série “The Contenders” começa no dia 10 de novembro com a exibição do filme de ficção-científica “A Chegada” (The Arrival), dirigido pelo cineasta canadense Denis Villeneuve. A produção sobre contato extraterrestre é estrelada por Amy Adams, atriz que está bastante cotada para receber uma indicação para o Oscar pelo drama “Animais Noturnos”, dirigido pelo cineasta (e designer de moda) Tom Ford. “Animais Noturnos”, que passou na Mostra de São Paulo, também foi selecionado pelo MoMA e será exibido um dia antes dos filmes brasileiros.

O chileno Pablo Larraín tem dois filmes na mostra, incluindo "Jackie", estrelado por Natalie Portman. (Foto: Divulgação)
O chileno Pablo Larraín tem dois filmes na mostra, incluindo “Jackie”, estrelado por Natalie Portman. (Foto: Divulgação)

Outras produções da primeira fase da “The Contenders” incluem dois títulos do chileno Pablo Larraín, que promete ser o Alejandro González Iñarritu do próximo Oscar, com várias indicações: “Neruda”, com Gael Garcia Bernal, e “Jackie”, com Natalie Portman. Também foram selecionados os documentários “Wiener”, sobre o político nova-iorquino Anthony Wiener que caiu em desgraça após um escândalo sexual, e “I Am Not Your Negro”, de Raoul Peck, além dos desenhos “Procurando Dory” e “Zootopia: Essa Cidade É o Bicho”.

Também vindo de Cannes, como “Aquarius” e “Cinema Novo”, está o drama racial “Loving”, de Jeff Nichols. “Lion”, história sobre adoção rodada na Índia e estrelada por Dev Patel, Rooney Mara, Nicole Kidman, será exibido na segunda fase do festival. Trata-se do filme que o produtor Harvey Weinstein escolheu para investir numa milionária campanha visando múltiplas indicações para o Oscar.