Despreparo de Trump em debate virou motivo de piadas na TV

Por Marcelo Bernardes

Segundo o apresentador Stephen Colbert, do programa de entrevistas “The Late Show”, Hillary Clinton estava tão preparada para o debate presidencial que “meu novo apelido para ela é: ‘Preparation H’ (Preparação H).”

Seth Meyers, do “Late Night”, exibiu um desenho do cérebro de Trump para explicar o motivo de o candidato republicano não ter memorizado certas informações e pontos de sua plataforma política como seus assessores queriam. O cérebro de Trump estaria sem espaço extra, por estar tomado pelas palavras que mais usou na campanha até agora: “tremendo”, “grande”, “muro”, “ótimo”, “grande”, “melhor” e (a filha) “Ivanka”.

O cérebro de Trump segundo o "The Late Late Show". (Foto: Reprodução)
O cérebro de Trump segundo o “Late Night”. (Foto: Reprodução)

Colbert e Meyers, que geralmente gravam seus programas, em auditórios de Nova York, durante à tarde, entraram ao vivo (23h30, 0h30 horário de Brasília) para comentar o debate presidencial entre a democrata Clinton e o republicano Trump. Seus concorrentes usaram piadas requentadas, gravadas antes do debate.

Colbert abriu seu programa comendo uma bacia de salgadinhos e batendo papo com o fantasma do presidente americano Abraham Lincoln. Ao discutirem o nível da campanha atual, Lincoln disse à Colbert que também teve seus momentos questionáveis no passado, chamando a mãe de seu oponente, Stephen Douglas, durante um debate em 1858, de “perna-curta acariciadora de jumentos”.

Abaixo algumas das melhores piadas dos talks shows da TV americana:

 

Colbert:

“Trump fungou tanto durante o debate que parecia que ele estava remediando um resfriado com cocaína. Ele parecia com o padrinho cocainômano quando vai ao banheiro durante um casamento.”

Screen Shot 2016-09-27 at 7.27.19 AM
Stephen Colbert abriu seu programa ao vivo conversando com o fantasma de Abraham Lincoln. (Foto: Reprodução)

 

Meyers:

“O debate foi moderado por Lester Holt e interrompido por Donald Trump.”

“Depois de ontem à noite vários comentaristas do canal Fox (emissora conservadora que apoia Trump) disseram que Hillary Clinton foi a vencedora do debate. Talvez o tal do aquecimento global seja mesmo um trote, pois o inferno foi congelado.”

“Antes do debate Hillary Clinton tuítou sobre o fato de que nenhum presidente vivo apoia Donald Trump. Boa tentativa, Hillary. Mas fato é que Vladimir Putin está vivo.”

“O jornal New York Times anunciou que apoia a candidatura Hillary Clinton. E em notícia também impactante, Donald Trump está sendo apoiado pela revista Racismo & Maçonaria.”

“Foi publicado que a cantora Madonna comprou uma piñata (boneco em forma de animal cheio de doces) no formato de Donald Trump para o filho durante o final de semana. Uma piñata Donald Trump é como uma piñata normal, à exceção de que não existe nada dentro.”

 

Jimmy Fallon, “The Tonight Show”

“As mil pessoas presentes no auditório foram instruídas a não baterem palmas ou torcerem durante o debate. As pessoas que assistiram em casa perguntaram: ‘e chorar, pode?’”

“Em um de seus shows, o roqueiro Bruce Springsteen chamou Donald Trump de “idiota”. É por isso que Trump deu início a um campanha para provar que Springsteen não foi “Born in the U.S.A.” (nascido nos Estados Unidos)

 

Jimmy Kimmel, “Jimmy Kimmel Live”

“É muito difícil de acreditar que ainda existam eleitores indecisos. A escolha é bem laranja no branco”.

“É esperado que o debate tenha uma audiência monstruosa, do tipo de audiência que tiveram os episódios finais de ‘Cheers’ ou ‘M*A*S*H*’. De alguma forma, essa eleição parece como o episódio final da ‘América’.”

 

Conan O’Brien, “Conan”

“Antes do debate o presidente Barack Obama disse para Hillary Clinton ser ela mesma no palco. E para Donald Trump, ele disse: ‘por favor, por favooooooor, mas por favor mesmo: seja você mesmo”.