Apresentadores de talk shows fazem balanço satírico da Rio-2016

Por Marcelo Bernardes

Depois de um recesso de duas semanas, os apresentadores dos talk shows da TV americana voltaram à ativa na noite de segunda (23), satirizando o verdadeiro motivo das férias forçadas: a transmissão das Olimpíadas.

Ryan Lochte foi o prato principal das piadas. O nadador chegou a ser vaiado pela plateia quando o apresentador Jimmy Fallon, do “Tonight Show, da rede NBC, citou o nome dele na primeira piada do monólogo de abertura.

Usando imagens das entrevistas de Lochte concedidas no domingo (22), em Nova York, aos jornalistas Matt Lauer, da rede NBC, e Felipe Santana, da Rede Globo, Stephen Colbert, do “The Late Show”, da rede CBS, fez uma hilária montagem em que o nadador responde a maioria das perguntas sobre seu comportamento durante o incidente do assalto com a frase “estava bêbado”. Ao apontar uma banana em direção a Lochte e perguntar ao nadador se aquilo é uma arma, Lochte diz “não posso responder, não sei”. Colbert encerra o vídeo perguntando a Lochte, caso ele seja perdoado pelo Comitê Olímpico Americano, o que esperar dele na Tóquio-2020. “Embriagado”, responde o atleta.

Confira as melhores piadas:

Conan O’Brien, do programa “Conan”

“Ontem (22) à noite foi a cerimônia de encerramento das Olimpíadas no Rio. Teve um momento bastante emocionante quando, no final, eles apagam a pira olímpica com o Ryan Lochte urinando nela. Vocês viram aquilo? E ele o fez de uma distância de 300 metros. Absolutamente incrível”.

“Alguns estranhos momentos dos Jogos. Não sei se vocês viram isso, mas durante a competição de salto com vara um atleta japonês derrubou o sarrafo depois que seu pênis enroscou no obstáculo. O que foi mais impressionante é que ele colocou o sarrafo de volta ao lugar com o pênis”.

*

Jimmy Fallon, do “Tonight Show”

“Ontem à noite foi a cerimônia de encerramento das Olimpíadas de verão. Para dar um pontapé nas próximas Olimpíadas, que acontecem em Tóquio, o primeiro-ministro do Japão saiu de um encanamento gigante vestido como o Super Mario. Claro, depois de todos os problemas com água no Rio de Janeiro, agora é que o encanador dá as caras”.

“Infelizmente uma das maiores histórias das Olimpíadas foi o escândalo com o nadador Ryan Lochte. Ele alegou ter sido assaltado no Rio de Janeiro apenas para encobrir o fato de que havia vandalizado o banheiro de um posto de gasolina. Os outros nadadores disseram: “o que você estava fazendo no banheiro, Ryan? Apenas segure e depois urine na piscina como todos nós fazemos”.

*

Stephen Colbert, do “The Late Show”

“Os americanos dominaram os Jogos Olímpicos de 2016. É verdade, a gente caiu matando. As Olimpíadas são um período em que todo o mundo fica unido e compete sob o espírito da fraternidade e da boa vontade. Mas deixa eu ser o primeiro a dizer isso: ‘Chupa, mundo! Chupa! Chupa em tempo recorde!'”

“A gente ganhou 121 medalhas. Não fiquei surpreso. Assisti aos jogos aqui nos Estados Unidos, não lembro o canal (Colbert é da rede CBS, rival da NBC, que tinha os direitos exclusivos da Rio-2016 para os EUA), mas pelo que me lembro, aparentemente, somente os americanos estavam competindo. Os americanos e, naturalmente, Usain Bolt que, eu acredito, já é, agora, um cidadão americano honorário. Vamos ser realistas, a Jamaica é basicamente um Colorado tropical. Os americanos não só lideraram o quadro geral de medalhas. Nós também ganhamos o maior número de medalhas de ouro, o maior de prata e o maior número de bronze. O que significa que nós não somos somente o número 1. Nós também somos o número um em ser o número 2 e o número 3”.

“A maioria dessas medalhas foram conquistadas por mulheres. Um recado especial para o rapazes. Quando alguém no playground disser que você arremessa a bola como uma garota, você deve responder: ‘obrigado'”.

“Todo mundo acha agora que Ryan Lochte é esse americano louco, com cabelo esquisito, que fica inventando as coisas e criando incidentes internacionais, o que não é como um verdadeiro atleta olímpico se comporta. É como um candidato à presidência americana age”.

“Um dos momentos mais esdrúxulos dos Jogos foi a atleta búlgara de ginástica olímpica, Neviana Vladinova, que fez sua apresentação com um arco ao som do tema de “A Lista de Schindler”. Oh, por favor, ginasta olímpica, não jogue “A Lista de Schindler” no meio disso. Gente adulta dançando com arcos e laços já é triste o suficiente”.

*

O apresentador Seth Meyers:  (Foto: Reproducão)
Piada do apresentador Seth Meyers: “os atletas americanos trouxeram para casa 46 medalhas de ouro, 37 de prata e 4 idiotas.” (Foto: Reproducão)

 

Jimmy Kimmel, do “Jimmy Kimmel Live”

“Os americanos dominaram os Jogos com 121 medalhas, sendo 46 de ouro, o que é uma coisa legal. Mas acho que os Jogos seriam mais divertidos se eles selecionassem um número de pessoas aleatórias de cada país, tirando papeizinhos de uma cartola. E, sua mãe, de repente, tem que lutar judô contra alguém da Bulgária. Isso seria uma representação mais acurada de nossas proezas físicas”.

“As próximas Olimpíadas serão em Tóquio, em 2020. Devo dizer que me assusta um pouco. Realmente espero que Ryan Lochte não seja atacado pelo Godzilla enquanto estiver lá”.

“De todos os vencedores astutos e que brilharam nas Olimpíadas, ninguém foi mais esperto do que Ryan Lochte. O cara perdeu seus principais patrocinadores hoje depois de mentir que foi assaltado à mão armada no Rio. O Comitê Olímpico Americano disse que ele denegriu o nome dos Estados Unidos no exterior, agindo como um babaca bêbado num país estrangeiro. Mas o que é mais americano do que isso?”

“Sei que todo mundo está chateado com esse incidente. E Lochte fez mesmo uma coisa estúpida. Mas deixa eu dizer isso em defesa dele. Ryan Lochte passou provavelmente um terço da vida dele debaixo d’água. O que significa que o cérebro dele não recebe oxigênio suficiente para funcionar perfeitamente. Ele não consegue fazer escolhas básicas e acertadas como a maioria de nós fazemos, tipo que sapato devemos calçar em cada pé. Ele não é muito mais inteligente que um atum. Se você julgar Ryan Lochte como um ser humano, o que ele fez foi desprezível. Mas se você julgá-lo como um peixe, convenhamos, aquilo foi genial. Um peixe que é inteligente o suficiente para mentir na TV”.

*

James Corden, do “The Late Late Show”

“Essa foi uma olimpíada muito estranha e o final não deixou de ser exceção. O primeiro-ministro japonês saiu de um tubo gigante como o Super Mario. Assistindo àquilo achei que estava sob o efeito de alucinógenos. Ah, o Luigi também ia aparecer no encerramento, mas ele ficou retido contra a vontade dele num posto de gasolina do Rio. Bem, supostamente!”

“Se eu tivesse dito que o primeiro-ministro japonês ia aparecer no encerramento das Olimpíadas do Rio, num video de apresentação, ao lado do Super Mario e do Hello Kitty, certamente seria chamado de racista. Sério, gente: é a mesma coisa que o primeiro-ministro australiano sendo carregado na bolsa de um canguru, dizendo ‘g’day, mate’ e arremessando um bumerangue”.

“A melhor parte da entrevista de Ryan Lochte ao jornalista Matt Lauer foi o fato de ele ter tingido o cabelo de volta ao castanho natural. Isso nos faz imaginar que o manager dele chegou e disse: ‘Ryan, querido, seria melhor você não fazer sua grande entrevista de pedido de desculpas parecendo uma versão em história em quadrinhos do Eminem”.

*

Seth Meyers, do “Late Night”

“As Olimpíadas foram encerradas neste final de semana. Os atletas americanos trouxeram para casa 46 medalhas de ouro, 37 de prata e 4 idiotas.

“A Speedo encerrou o patrocínio a Ryan Lochte depois do episódio de ele ter mentido que foi assaltado no Rio. Vocês sabem, né? A Speedo não quer fazer negócios com ninguém que tenta encobrir a coisa”.