Distribuição de camisinhas na Rio-2016 é satirizada na TV americana

Por Marcelo Bernardes

A notícia de que o COI (Comitê Olímpico Internacional) vai disponibilizar 450 mil camisinhas e lubrificantes aos atletas competindo na Rio-2016 foi motivo de piada nos talks shows da TV norte-americana na noite de quinta (4).

“Vai ter muito sexo na Vila Olímpica”, disse o apresentador e ator inglês James Corden, do programa “The Late Late Show”, da rede CBS. “Em defesa dos atletas, as acomodações no Rio de Janeiro são tão ruins, que o lugar mais limpo para se dormir é em cima de outra pessoa”. Corden ainda brincou com o fato da distribuição de 175 mil sachês de lubrificantes aos atletas. “(esse total) É o que os brasileiros chamam de ‘fim de semana’.”

Corden explicou a matemática dos preservativos olímpicos para sua plateia. “São três camisinhas por dia para cada atleta. É mais camisinha do que eu usei dos meus 23 anos aos meus 27 anos.”

Piada de Seth Meyers sobre poluição das águas no Rio. "  (Foto: Reprodução)
Piada de Seth Meyers sobre poluição das águas no Rio:  “se a tocha olímpica ficar sem combustível, é só mergulhá-la no oceano e ela reacenderá.” (Foto: Reprodução)

Já Jimmy Kimmel, apresentador do “Jimmy Kimmel Live”, da rede ABC, fez piada com o fato da poluição das águas no Rio: “A Vila Olímpica está distribuindo milhares de camisinhas para os atletas usarem na cabeça durante os eventos de natação.”

Em seu monólogo de abertura, Corden citou o fato de a delegação de basquete americana ficar hospedada num transatlântico. “Até entendo que ninguém queira ficar na Vila Olímpica, mas se hospedar num transatlântico é como trocar uma cidade-diarreia por uma cidade-diarreia flutuante.”

No programa de Kimmel, o apresentador mencionou o fato de quatro atletas do Quênia terem deixando uma mensagem no mural da Vila Olímpica pedindo para que seus banheiros fossem arrumados. “Quando alguém que vive no Quênia reclama de seu sistema de encanamento, é o que a gente chama aqui de um verdadeiro grito de alerta.”

Sobre a poluição das águas, o apresentador Seth Meyers, do “Late Night”, da rede NBC, ironizou sobre a chegada da tocha olímpica no Rio de Janeiro. “A coisa legal sobre o Rio é que, se a tocha olímpica ficar sem combustível , é só mergulhá-la no oceano e ela reacenderá”.

As jogadoras norte-americanas de futebol também foram citadas. Kimmel mostrou um clipe da goleira Hope Solo sendo vaiada pela torcida no Mineirão por causa das fotos dela no Twitter mostrando uma parafernália de acessórios para combater o vírus da zika. ‘Essa não é somente uma das piores fotos para perfil no Tinder, como também fez os torcedores brasileiros ficarem irritados”. Seth Meyers citou que “as meninas americanas” venceram o time da Nova Zelândia por 2 a 0 na partida jogada no Mineirão. E completou: “Disse uma das jogadoras (da seleção dos EUA): então, podemos voltar para casa agora?’”

Kimmel chamou a foto que goleira Hope Solo postou no Twitter de "pior imagem de perfil no Tinder". (Foto: Reprodução)
Kimmel disseque  a imagem que a goleira Hope Solo postada no Twitter “é a pior foto para perfil no Tinder”. (Foto: Reprodução)

Os uniformes dos atletas americanos, criados pelo designer Ralph Lauren, foram satirizados. Kimmel chamou as roupas de “medonhas”. “Parece um grupo de música à capela indo para uma apresentação (patriótica) do 4 de julho (data em que se comemora a independência dos EUA)”, disse Kimmel. “Nada mete mais medo em seu oponente do que um blaser por cima de uma calça capri branca”.

Jimmy Kimmel chamou o uniforme do 'Team USA', feito por Ralph Lauren, de "medonho". (Foto: Divulgação)
Jimmy Kimmel chamou o uniforme do ‘Team USA’, feito por Ralph Lauren, de “medonho”. (Foto: Divulgação)

Jimmy Fallon citou o fato de o nadador Michael Phelps, escolhido como porta-bandeira da delegação americana, entrar no Maracanã hoje (5) à noite usando uma jaqueta Ralph Lauren que “ilumina” o logotipo dos EUA inscrito nas costas. “Uma coisa que você não deve fazer numa cidade infestada por mosquitos: vestir-se como uma luminária de varanda”.