Apresentadores de talk shows fazem piadas sobre a Rio-2016

Por Marcelo Bernardes

Os Jogos Olímpicos foram motivo de piadas nos monólogos de abertura dos principais apresentadores de talk show da TV norte-americana no final da noite de segunda (1).

Citando o fato de que integrantes do Comitê Olímpico Internacional (o COI), de comitês de outros países, patrocinadores, atletas e seus familiares vão ficar hospedados no transatlântico Getaway (que significa fuga), da companhia Norwegian Cruise Line, o apresentador Jimmy Fallon, do “Tonight Show”, da rede NBC (que detém os direitos exclusivos da transmissão da Rio-2016 para os Estados Unidos), arrancou risadas de sua plateia ao dizer: “Nada te faz sentir-se mais protegido nas Olimpíadas do que os organizadores ficando num navio que se chama ‘fuga’.”

Fallon teve que repetir o começo da piada duas vezes. “Essa notícia é verdadeira, gente”, disse o apresentador à sua plateia.

No “Late Show”, da rede CBS, o apresentador e ator inglês James Corden mencionou um artigo do website The Daily Beast, do dia 22 de julho, sobre o fato de o COI apontar que 98 atletas foram suspeitos de doping durante as Olimpíadas de Pequim e Londres, respectivamente em 2008 e 2012. “E eles acreditam que muito mais atletas vão estar fazendo a mesma coisa agora porque qualquer pessoa que queira ir às Olimpíadas do Rio só tem que estar sob a ação de drogas.”

Já no “The Late Show”, também da rede CBS, o apresentador Stephen Colbert comentou a reportagem do jornal The New York Times, do dia 26 de julho, a respeito do conselho dos especialistas em saúde no Brasil para os nadadores da maratona olímpica, velejadores e praticantes de windsurfe: “fiquem de boca fechada”.

“OK, OK, OK, nadadores, boca fechada!”, disse Colbert. “Ou nadem com a cabeça fora d’água. Mal posso esperar para saber quem vai levar a medalha de ouro no nado cachorrinho”, continuou o apresentador, imitando, no palco de seu programa, um cachorro nadando.

Colbert também mencionou uma reportagem do website da rede de TV ESPN sobre a ameaça do COI e do Comitê Olímpico Americano para as empresas não-patrocinadoras dos Jogos e também para os atletas olímpicos sob contratos com essas companhias. Ambos as partes, ao divulgarem imagens nas mídias sociais ou ao tuitarem sobre as Olimpíadas, estão proibidas de usar o símbolo olímpico dos cinco anéis coloridos, assim como os hashtags #Rio2016 e #TeamUSA e expressões como “Go For The Gold” (lute pelo ouro), cujos direitos autorais pertencem ao COI e ao COA. “Não apenas isso, você também não poderá usar mais o ‘emoticon do vômito’ porque ele agora representa o nadador olímpico”, zombou o apresentador, apresentando um emoji falso na tela.

O apresentador Stephen Colbert apresenta o emoji do vômito "que representa o nadadar olímpico" no Rio (Foto: Reprodução)
O apresentador Stephen Colbert apresenta o emoji do vômito “que representa o nadadar olímpico” no Rio (Foto: Reprodução)