Três filmes brasileiros entram em cartaz nos EUA

Por Marcelo Bernardes

Três filmes brasileiros estão em cartaz no circuito americano de cinemas. “Boi Neon”, de Gabriel Mascaro, faz sua estreia hoje em Nova York. “Casa Grande”, de Felipe Barbosa, e “Trabalhar Cansa”, de Marco Dutra e Luciana Rojas estão sendo lançados em Los Angeles.

O crítico de cinema Stephen Holden, especializado em escrever resenhas sobre filmes estrangeiros para o New York Times, fez inúmeros elogios ao filme de Mascaro, chamando “Boi Neon” de “arrebatador”. “Inebriante reflexão sobre a interconexão entre paladar, cheiro, instinto e desejo, o filme, deslumbrantemente fotografado por Diego Garcia, joga (o espectador) no intensamente pungente mundo da vaquejada”, escreve o crítico.

"Boi Neon" ganha crítica entusiasmada do New York Times. (Foto: Reprodução)
“Boi Neon” ganha crítica entusiasmada no New York Times. (Foto: Reprodução)

Sobre “Casa Grande”, classificado como “melodrama brasileiro”, o crítico do Los Angeles Times diz que o aspecto “classe social” da produção lembra as comédias teens dirigidas ou produzidas pelo cultuado diretor John Hughes, como “A Garota de Rosa-Shocking”, com Molly Ringwald. “Em se tratando do estilo (do filme), Barbosa pende mais o lado cinema de arte”, diz o crítico, que também aponta que “muito do comentário sociai do filme é embotado”.

Já lançado em Nova York com boas críticas, “Trabalhar Cansa” foi recebido mais friamente na Califórnia. O crítico do Los Angeles Times diz que o filme “não é satisfatório enquanto thriller”. Mas também aponta: “Em seus melhores momentos, o filme tem as qualidades de um pesadelo, aquele que continua acontecendo mesmo que os personagens estejam acordados ou dormindo”.