Apartamentos “Don Draper” de Zaha Hadid viram atração em NY

Por Marcelo Bernardes

Turistas, amantes de arquitetura e curiosos visitaram, na tarde desta quinta (31), o prédio de apartamentos 250 West 28th Street, para tirarem fotos da construção em andamento do primeiro projeto da arquiteta Zaha Hadid na cidade de Nova York. Hadid, a primeira mulher a ganhar (em 2004) o prestigiado prêmio Pritzker, espécie de Nobel da arquitetura, morreu nesta quinta, em Miami, aos 65 anos, vítima de um infarto.

Vista do prédio de Zaha Hadid, a partir do parque elevado High Line. (Foto: Marcelo Bernardes)
Vista do prédio de Zaha Hadid, a partir do parque elevado High Line, no bairro do Chelsea. (Foto: Marcelo Bernardes)

O projeto com 11 andares é destinado somente para milionários. Eles terão serviços como um spa com cachoeira, piscina coberta, concierge 24 horas, sala de cinema IMAX de 12 lugares, porão de armazenamento de objetos manuseados por robôs e uma galeria de arte no andar térreo. O prédio fica no coração do bairro Chelsea, ao lado de restaurantes, bares gays (um bar para amantes de S&M fica colado à construção) e galerias de arte. Quando finalizado, possivelmente no começo de 2017, será vizinho de um dos maiores projetos de renovação urbanística já visto em Nova York, o Hudson Yards, área que vai das ruas 30 a 34, entre 10a e 12a. avenidas, com prédios comerciais e residenciais desenvolvidos por firmas de arquitetura como a Diller Scofidio + Renfro e Kohn Pedersen Fox Associates.

Foto do projeto do prédio residencial de Hadid, também visto do parque High Line. (Foto: Divulgação)
Perspectiva artística do projeto do prédio residencial de Hadid, também visto do parque High Line. (Foto: Divulgação)

Hoje à tarde, apesar da presença dos fãs de Hadid, a obra do prédio da arquiteta nascida no Iraque e radicada na Inglaterra prosseguia normalmente, sem nenhum transtorno. O prédio está recoberto em sua maior parte por uma tela escura, o que prejudica a visibilidade dos turistas.

Turistas tiram fotos do prédio em construção. Ao fundo, também em construção, mas em estágio mais avançado, a torre Hudson Yards, do arquiteto . (Foto: Marcelo Bernardes)
Turistas visitam prédio em construção. Ao fundo, também em construção, mas em estágio mais avançado, a Hudson Yards Tower, projeto da firma de arquitetura Kohn Pedersen Fox. (Foto: Marcelo Bernardes)

O projeto segue o tema futurista, ondulado e de formas fraturadas do trabalho da arquiteta. Ela precisou fazer algumas alterações, incluindo a adição de uma nova ala, para ser aprovada pela lei de zoneamento da prefeitura de Nova York. A revista New York chamou o projeto de “encantadora casa terráquea para os aborrecidos super-ricos intergaláticos”. Bernie Sanders, candidato democrata à Casa Branca e de agenda socialista, torceria o nariz para o projeto.

Vista do projeto de Hadid, que deve ficar pronto no ano que vem. (Foto: Divulgação)
Perspectiva em 3D de um dos quartos do projeto de Hadid, que deve ficar pronto no ano que vem. (Foto: Divulgação)

Um dos principais investidores do projeto apelidou a obra futurista de “apartamento do Don Draper”, dizendo que este seria o lugar ideal para o personagem do publicitário interpretado pelo ator Jon Hamm no seriado “Mad Men” morar. Hadid era grande fã da série televisiva criada pelo produtor e roteirista Matthew Weiner, sobre os bastidores (a partir dos anos 50) de uma agência de propaganda em Nova York.

Prédio terá piscina coberta e sala de cinema IMAX com 12 lugares. (Foto: Divulgação)
Prédio terá piscina coberta e sala de cinema IMAX com 12 lugares. (Foto: Divulgação)

Os 39 apartamentos do prédio terão interiores desenhados pela firma de Hadid também. Ela trabalhou com o designer italiano Boffi para a construção dos movéis curvilíneos para a cozinha. Os banheiros terão vidro de filtro eletrocrômico, que muda de tonalidade, permitindo maior privacidade (ou não) com apenas um toque de botão. O apartamento mais barato, de 2 quartos e 2 ½ banheiros, custa US$ 4.6 milhões. Os mais caros, as três coberturas de cinco quartos e 6 ½ banheiros, vão de US$ 35 milhões a US$ 40 milhões.

Tapumes no andar térreo do prédio, no coração do bairro Chelsea. (Foto: Marcelo Bernardes)
Tapumes no andar térreo do prédio, no coração do bairro Chelsea. (Foto: Marcelo Bernardes)
As três coberturas do prédio têm preços a partir de US$ 35 milhões. (Foto: Divulgação)
As três coberturas do prédio têm preços a partir de US$ 35 milhões. (Foto: Divulgação)
Projeto da cozinha com móveis criados por Hadid em parceria com o designer italiano Boffi. (Foto: Divulgação)
Projeto da cozinha com móveis criados por Hadid em parceria com o designer italiano Boffi. (Foto: Divulgação)
Uma fã de Hadid. (Foto: Marcelo Bernardes)
Uma fã de Hadid. (Foto: Marcelo Bernardes)
Sapatos futuristas de Zaha Hadid na vitrine de loja do bairro do NoHo, NY. (Foto: Marcelo Bernardes)
Sapatos futuristas de Zaha Hadid na vitrine de loja do bairro do NoHo, NY. (Foto: Marcelo Bernardes)