Os três livros mais vendidos de 2015 foram escritos por mulheres

Por Marcelo Bernardes

Os três livros mais vendidos de 2015 nos Estados Unidos, segundo a famosa lista compilada pelo jornal “USA Today”, foram escritos por mulheres. O thriller “A Garota do Trem”, da inglesa Paula Hawkins, ocupou a primeira posição, seguido de “Grey”, de E.L. James, e “Vá, Coloque um Vigia”, de Harper Lee.

Saudado como o novo “Garota Exemplar”, livro de suspense da jornalista Gillian Flynn que virou filme com Ben Affleck e Rosamund Pike, “A Garota do Trem” ficou dez semanas (cinco delas consecutivas) no topo da lista dos mais vendidos de 2015. O livro já vendeu 4 milhões de cópias nos Estados Unidos e vai ter os atores Emily Blunt e Justin Theroux estrelando sua versão para o cinema.

“Grey”, da autora de “Cinquenta Tons de Cinza” (que ficou 20 semanas consecutivas em primeiro lugar, um recorde, quando lançado em 2012) e com história contada sob o ponto de vista do personagem Christian Grey, chegou às livrarias em junho e ficou quatro semanas em primeiro lugar. Dois outros livros da escritora E.L. James estiveram entre os 25 mais vendidos do ano: “Cinquenta Tons de Cinza” (14o. lugar) e “Cinquenta Tons Mais Escuros” (22o. lugar).

Já “Vá, Coloque um Vigia”, surpresa da reclusa escritora Harper Lee, 89, ocupou o topo da lista do “USA Today” por três semanas, após ser lançado em julho. O livro é uma espécie de sequência, 20 anos mais tarde, da história de “O Sol É Para Todos”, lançado em 1960. O relançamento do original ocupou a 9a. posição dos mais vendidos do ano.

O sci-fi “Perdido em Marte”, do escritor Andy Weir, e “Toda Luz Que Não Podemos Ver”, de Anthony Doerr, ocuparam a 4a. e 5a. posições dos best sellers de 2015.

O megasucesso “O Alquimista”, de Paulo Coelho, foi o 55o. livro mais vendido do ano passado.

Siga o blog também no Twitter