Missões para resgatar Matt Damon em filmes custam US$ 900 bilhões

Por Marcelo Bernardes

De Steven Spielberg à Ridley Scott, cineastas gostam de colocar o ator Matt Damon na tela em situações perigosas, com complicadíssimas operações de resgate sendo organizadas para salvá-lo. Em pelo menos oito filmes, Damon precisa de ajuda. Mas quanto é que custariam essas missões para salvar o ator. Um usuário do site de perguntas e respostas Quora apresentou a conta: US$ 900 bilhões. E sem a inclusão de gorjetas.

Matt Damon em cena do filme Marte. (Foto: Divulgacão)
Matt Damon em cena do filme “Perdido em Marte”. (Foto: Divulgacão)

Os valores são:

– “Coragem Sob Fogo”, 1996, Damon precisa ser resgatado por um helicóptero militar durante Guerra do Golfo: US$ 300 mil

– “O Resgate do Soldado Ryan”, 1998, Tom Hanks lidera operação de salvamento durante Segunda Guerra Mundial: US$ 100 mil

– “Titan A.E.”, 2000, nave espacial com Damon a bordo deve evacuar o planeta Terra: US$ 200 bilhões

– “Syriana – A Indústria do Petróleo”, 2005, despesas de vôo e traslados para tirar Damon do Oriente Médio: US$ 50 mil

Jason Isaacs e Matt Damon em cena de "Zona Verde". (Foto: Divulgação)
Jason Isaacs e Matt Damon em cena de “Zona Verde”. (Foto: Divulgação)

– “Zona Verde”, 2010, transporte militar do Oriente Médio para os Estados Unidos: US$ 50 mil

– “Elysium”, 2013, segurança e danos com estação espacial: US$ 100 mil

– “Interestelar”, 2014, valor da espaçonave: US$ 500 bilhões

– “Perdido em Marte”, 2015, valor da missão ao planeta vermelho: US$ 200 milhões.