Diário de Jakku: conheça algumas curiosidades de “O Despertar da Força”

Por Marcelo Bernardes

Abaixo, com spoilers mínimos, algumas curiosidades sobre “O Despertar da Força”, do diretor J.J. Abrams.

 

* O pré-candidato à presidência dos Estados Unidos pelo partido republicano Donald Trump não vai gostar muito do futuro da Força. O novo trio de herois – respectivamente Rey, Finn e Poe – é formado por uma mulher (Daisy Ridley), um negro (John Boyega) e um latino (Oscar Isaac).

* Depois do Conde Dooku (Christopher Lee), em 2002, com o “Ataque dos Clones”, agora é a vez do planeta Jakku (pronúncia-se Jacu) poder ser motivo chacota por entre o público brasileiro. O planeta é onde vive a catadora de sucata/heroina Rey. Já, em inglês, o nome do andróide BB-8 também promete piadinhas. BB é gíria para bareback, que significa sexo sem proteção entre gays.

* Após a entrada dos letreiros iniciais com a música de John Williams, os fãs vão à loucura com a aparição de um AT-AT. O tanque de quatro pernas, poderosa arma do exército de Darth Vader apresentado na batalha do planeta gelado de Hoth, em “O Império Contra-Ataca”, ganha até mais aplausos que a primeira aparição da espaçonave Millenium Falcon.

* Por falar em aplausos, todo o elenco original ganha uma pequena ovação do público a cada vez que um deles surge pela primeira vez na tela. Já o vilão Kylo Ren, quando tira a máscara negra pela primeira vez e revela seu rosto, provoca algumas risadas daqueles que reconhecem seu intérprete, o ator Adam Driver, que faz ex-namorado (quase sempre pelado em cena) de Lena Dunham no seriado “Girls”, da HBO. Kylo Ren tem pavio curto e explode mais facilmente que seu ídolo Darth Vader. Os pitis dele também rendem algumas risadas. Mas, apesar disso, Adam é boa surpresa do elenco.

O tanque de quatro pernas AT-AT arranca aplausos em "O Despertar da Força".
O tanque de quatro pernas AT-AT arranca aplausos em “O Despertar da Força”.

* O novo robozinho BB-8, construído após um sketch feito por J.J. Abrams, é dublado pelo ex-comediante do “Saturday Night Live” Bill Hader.

O comediante Bill Hader, ex-integrante do elenco do programa "Saturday Night Live", dupla os "beeps" do novo robôzinho BB-8
O comediante Bill Hader, ex-integrante do elenco do programa “Saturday Night Live”, dubla os “beeps” do novo robôzinho BB-8

* Um dos maiores novos talentos de 2015, o ator, dramaturgo e músico Lin-Manuel Miranda, criador do musical da Broadway “Hamilton”, foi o responsável por criar a música da cena de cantina em “O Despertar da Força”. Em “Guerra nas Estrelas”, o diretor George Lucas usou um grupo de jazz para fazer a música. Agora o som é uma mistura de pop com ritmos latinos. Em ambos os filmes, Han Solo (Harrison Ford) desperta fortes reações dos clientes de várias raças interplanetárias quando entra na cantina.

Lin-Manuel Miranda, em cena do musical da Broadway "Hamilton", compôs a música animada da cena da cantina.
Lin-Manuel Miranda, em cena do musical da Broadway “Hamilton”, compôs a música animada da cena da cantina.

* O Líder Supremo Snoke é o maior vilão de “O Despertar da Força” e também aquele que vai despertar críticas. O tamanho dele e o excesso de CGI não combinam com o look retrô e a sistemática reverência que J.J. Abrams faz à primeira trilogia de George Lucas. Feito por Andy Serkis, o Gollum de “O Senhor dos Anéis (aqui também em performance criada via ‘motion capture’), o torpe representante do lado negro da Força é uma espécie de Lord Valdemort (com nariz) encontra os Gigantes, as criaturas de pedra que habitam a Montanha da Névoa nos livros de J.R.R. Tolkien

* J.J. Abrams colocou dois de seus atores do seriado “Lost” na sala de comando da Resistência, para assessorar a General Leia (Carrie Fisher). São eles Greg Grunberg e Ken Leung.

* O sueco Max von Sidow é o ator veterano a ganhar reverência desta vez, aparecendo na sequência inicial do filme, como o homem que guarda parte do segredo do paradeiro de Luke Skywalker (Mark Hamill). A velha guarda usada por Lucas teve nomes como  Alec Guinness (Obi-Wan Kenobi), Peter Cushing (Moff Tarkin), Terence Stamp (Chanceler Valorum) e Christopher Lee (Conde Dooku).

* Apesar das fofocas maldosas de que J.J. Abrams estaria insatisfeito com a performance da atriz Lupita Nyong’o, e cortado boa parte dos diálogos e participação dela no filme, a vencedora do Oscar de coadjuvante por “12 Anos de Escravidão continua firme e forte na trama. Também em performance criada via “motion capture”, Lupita é a monstrega míope Maz Kanata, que parece uma versão de Yoda cor laranja, apesar de ela explicar a Han Solo que não é uma jedi. Maz também tem uma quedinha por Chewbacca.

Ao contrário dos rumores, a vencedora do Oscar Lupita Nyiong'o não foi cortada da nova aventura de "Star Wars"
Ao contrário dos rumores, a vencedora do Oscar Lupita Nyong’o não foi cortada da nova aventura de “Star Wars”

* J.J. Abrams deve ter adorado o filme “Ex_Machina: Instinto Artificial”. Dois de seus protagonistas estão em “O Despertar da Força”: Oscar Isaac e o ruivo Domhnall Gleeson (agora como vilão: General Hux, uma espécie de Hitler encontra Mussolini). Só faltou J.J. contratar a sueca Alicia Vikander.

Domhnall Gleeson e Oscar Isaac, protagonistas de "Ex Machina", voltam em "O Despertar da Força"
Domhnall Gleeson e Oscar Isaac, protagonistas de “Ex_Machina: Instinto Artificial”, voltam em “O Despertar da Força”

* Como a mamãe Padmé Amidala (Natalie Portman) que passou de princesa do planeta Naboo para o posto de senadora na segunda trilogia executada por George Lucas, a filhota princesa Leia agora tem novo título: virou general da Resistência. O penteado antigo, com dois coques laterais, foi aposentado e existe uma piada no filme, entre ela e Han Solo, sobre o famoso cabelo. Ninguém cita o infame biquini que Jabba the Hutt a fez usar em “O Retorno de Jedi”.

* E já começaram as comparações. A crítica do jornal “The New York Times” diz que a máscara de Kylo Ren é parecida com a frente de uma caminhonete Chevrolet de 1952.

Screen Shot 2015-12-16 at 10.47.14 PM