Atrizes de três filmes gay têm chances para o Oscar de coadjuvante

Por Marcelo Bernardes

Segundo a revista “Entertainment Weekly”, a sempre imprevisível categoria do Oscar de melhor atriz coadjuvante já conta com dez pré-candidatas de peso. Três delas – as americanas Rooney Mara e Ellen Page e a sueca Alicia Vikander – podem ser indicadas por diferentes produções com temática gay que estrearem em 2015 nos Estados Unidos. Trata-se respectivamente dos dramas lésbicos “Carol” e “Freeheld” e do filme de época sobre a primeira operação de mudança de sexo, “A Garota Dinamarquesa”.

Abaixo, como está a corrida:

 

Apostas Certas

Alicia Vikander, “A Garota Dinamarquesa” – A atriz sueca, 27, foi uma das grandes revelações do ano, aparecendo como uma robô em “Ex_Machina: Instinto Artificial” e na adaptação para o cinema da série de TV “O Agente da U.N.C.L.E”. Em “A Garota Dinamarquesa”, Alicia interpreta uma artista plástica cujo marido (Eddie Redmayne) se submeteu, nos anos 20, a uma operação pioneira de troca de sexo.

Screen Shot 2015-11-26 at 11.01.49 AM

Rooney Mara, “Carol” – Partindo para sua segunda indicação, Rooney interpreta uma balconista lésbica que vive romance tabu, nos anos 50, com uma mulher mais velha (Cate Blanchett), que está se divorciando do marido. O filme é baseado no livro “O Preço do Sal”, da escritora americana Patricia Highsmith.

Screen Shot 2015-11-07 at 12.38.01 PM

Kate Winslet, “Steve Jobs” – No papel de Joanna Hoffman, executiva de marketing da Apple e confidente de Jobs, o co-fundador da empresa, Kate pode conquistar sua sétima indicação para o Oscar. Ela já tem uma estatueta por “O Leitor”.

Screen Shot 2015-11-26 at 11.03.22 AM

 

Sérias Candidatas

Screen Shot 2015-11-26 at 11.03.48 AM

Jane Fonda, “Youth” – A atriz pode se igualar a Meryl Streep, conquistando seu terceiro Oscar no papel de uma diva do cinema que se recusa a envelhecer, nesta produção italiana do diretor Paolo Sorrentino.

Screen Shot 2015-11-26 at 11.05.10 AM

Joan Allen, “O Quarto de Jack” – Faz a mãe de uma jovem (Brie Larson) que passou cinco anos em cativeiro. Joan já foi indicada três vezes ao Oscar.

Screen Shot 2015-11-26 at 11.05.50 AM

Rachel McAdams, “Spotlight” – Filme acompanha os bastidores de uma reportagem especial do jornal “The Boston Globe” que denunciou dezenas de padres católicos envolvidos em escândalo de abuso sexual. Rachel faz o papel da repórter Sacha Pfeiffer.

 

Podem surpreender

Screen Shot 2015-11-26 at 11.10.13 AM

Jennifer Jason Leigh, “Os Oito Odiados” – Agora como musa de Quentin Tarantino, talvez a atriz consiga fazer com que a Academia repare uma de suas injustiças e conceda à ela a primeira indicação de sua carreira. Neste western moderno, Jennifer faz uma fugitiva que é transportada por um caçador de recompensas, vivido por Kurt Russell.

Screen Shot 2015-11-26 at 11.13.09 AM

Julie Walters, “Brooklyn” – Mais de uma década após sua última indicação ao Oscar (por “Billy Elliott”), a veterana atriz inglesa agora tem chances nessa adaptação do livro homônimo do escritor Colm Tóibín sobre uma jovem imigrante (Saoirse Ronan) na Nova York dos anos 50.

Screen Shot 2015-11-26 at 11.14.42 AM

Ellen Page, “Freeheld” – A atriz de “Juno” é também a produtora executiva desse drama gay, baseado na história verdadeira da policial Laurel Hester (Julianne Moore). A detetive, diagnosticada com câncer terminal, processa o conselho municipal de um pequeno condado no estado de Nova Jersey para garantir pensão à sua companheira (Ellen).

Screen Shot 2015-11-26 at 11.15.16 AM

Kristen Stewart, “Acima das Nuvens” – Ela ganhou o César, o Oscar francês, e um prêmio de interpretação em Cannes pelo papel de assistente de uma atriz famosa (Juliete Binoche). Esta produção francesa assinada pelo diretor Oliver Assayas foi lançada nos Estados Unidos na primeira semana de 2015 e já pode ter sido apagada da memória dos votantes da Academia.