Trump volta a criticar o Brasil por “roubar” empregos dos EUA

Por Marcelo Bernardes

O pré-candidato republicano à Casa Branca Donald Trump voltou a criticar o Brasil e outros países como China, Irlanda, Japão e Índia por “roubarem empregos” dos Estados Unidos.

Em entrevista ao programa político “Face the Nation”, exibido na manhã de hoje, Trump explicou que “muito em breve” vai oferecer mais pontos específicos sobre seu plano econômico, mas que ele está determinado a trazer de volta empregos que escaparam dos Estados Unidos.

“Vou trazer grandes números de empregos de volta da China, do Japão, da Índia e do Brasil, de todos esses tantos países que absolutamente estão roubando nossos empregos. Chegamos a um nível nunca visto antes, com empregos mudando para fora dos Estados Unidos. E eles continuarão escapando do país se alguma coisa não for feita rapidamente. Vou prevenir tudo isso. Vou parar com isso (essa evasão). Você tem que ser esperto para fazer isso parar”.

Trump culpou a falta de “pessoas inteligentes” no atual governo americano pela perda de “trilhões de dólares”. “Antes você tinha o fato de as empresas mudarem de Nova York para a Flórida, de Nova Jersey para o Texas, por conta de taxação mais baixa. Agora elas mudam dos Estados Unidos para a Irlanda, Europa e Ásia, onde encontram melhores pactos. Trilhões de dólares estão parados em outros países e a gente não traz (esse dinheiro) de volta porque não temos pessoas inteligentes governando esse país”.