Novas campanhas para o Oscar de filme estrangeiro são lançadas

Por Marcelo Bernardes

A campanha para o Oscar de melhor Filme Estrangeiro começa a ganhar mais impulso, com novos filmes anunciando datas de estreia no circuito comercial americano e também sessões especiais para os votantes da Academia de Hollywood.

Esta semana produções da Bulgária, República Checa e Montenegro fizeram anúncios de seus filmes na revista “The Hollywood Reporter”, que tem grande circulação e prestígio por entre integrantes da indústria de entretenimento americano.

No total, 81 países inscreveram um representante para a competição de Filme Estrangeiro do Oscar. A produção “Que Horas Ela Volta?”, de Anna Muylaert, defende o Brasil. De todos os filmes, o que tem maior campanha e é considerado o favorito para o Oscar, é a produção da Hungria “Son of Saul”. A lista das indicações para a versão 2016 do prêmio será anunciada no dia 14 de janeiro.

 

Abaixo os anúncios das campanhas dessa semana:

 

Screen Shot 2015-11-05 at 8.22.37 PM
“Home Care”, filme da República Checa e dirigido por Slavek Horak, tem três sessões organizadas na Califórnia para o grupo habilitado a votar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Oscar.

 

Screen Shot 2015-11-05 at 8.22.28 PM
O diretor búlgaro Stephan Komandarev vai participar de sessões de perguntas e respostas após as três exibições de seu filme “O Julgamento”, que acontecem na Califórnia.
A campanha mais agressiva até o momento nesta categoria é a do mini-estúdio Sony Classics para o filme húngaro "Son of Saul", de László Nemes, que estreia nos Estados Unidos na semana de Natal.
A campanha mais agressiva até o momento nesta categoria é a do mini-estúdio Sony Classics para o filme húngaro “Son of Saul”, de László Nemes, que estreia nos Estados Unidos na semana de Natal.
Campanha do filme "You Can Carry Me", de Ivona Juka e representante de Montenegro, também visa os votantes do Globo de Ouro
Campanha do filme “You Carry Me”, de Ivona Juka, representante de Montenegro, também visa os votantes do Globo de Ouro