Roger Waters declara apoio a candidato socialista americano

Por Milly Lacombe

O ex-baixista e vocalista do Pink Floyd, e hoje também ativista político, declarou à revista “Rolling Stone” que votaria no socialista Bernie Sanders se não tivesse dupla cidadania (ele dupla cidadania, britânica e americana, e por isso não está apto a votar pelas leis dos Estados Unidos).

A explicação é barulhenta: ele acha que Hillary Clinton, que concorre com Sanders nas primárias democratas, pode ser a primeira mulher a jogar uma bomba atômica em algum lugar. “Existe alguma coisa muito assustadora a respeito dela”, disse.

Para o músico, Sanders é o único candidato, entre todos, que tem alguma credibilidade, que seria capaz de confrontar grandes corporações e defender as minorias. Mas conclui dizendo que Clinton é, de longe, melhor do que qualquer candidato republicano.

Leia aqui a declaração de Waters à “Rolling Stone”