‘No Man’s Sky’, mais aguardado game do ano, ganha prévia na TV

Por Marcelo Bernardes

Em algum lugar do universo existe agora um planeta chamado Colbert Prime (ou Aurora Colbert). Esse planeta, com sua própria fauna, flora e condições climáticas, foi criado na noite de sexta-feira, em homenagem ao apresentador de talk show Stephen Colbert. De brinde, Colbert ainda ganhou todo um sistema estelar com seu nome, o Sistema Colbert.

O apresentador entrevistou ontem, para o delírio de milhares de gamers, o inglês Sean Murray, co-fundador da companhia de videogames Hello Games. A empresa é responsável por criar, com um time de menos de 20 pessoas, um dos mais aguardados e épicos videogames dos últimos tempos, o “No Man’s Sky”. A data de lançamento do game para as plataformas PS4 e Microsoft Windows ainda é segredo, embora Colbert tenha tentado tirar a informação de Murray.

O apresentador Stephen Colbert entrevista Sean Murray, co-criador do mais aguardado videogame dos últimos anos. (Foto: Reproducão)
O apresentador Stephen Colbert entrevista Sean Murray, co-criador do mais aguardado videogame dos últimos anos. (Foto: Reproducão)

“No Man’s Sky” é um jogo de exploração intergaláctica com capacidade de levar o usuário, a bordo de sua própria espaçonave, a visitar 18 quintilhões de planetas. Ou como Murray explicou para Colbert: “você não estará vivo ou o nosso próprio sol já terá se apagado antes de você terminar o jogo”.

Os planetas, galáxias e sistemas estelares são gerados proceduralmente, ou seja, o computador é responsável por criar dados matematicamente, evitando que o disco rígido do console PS4 ou do PC fique lotado, uma vez que nada foi armazenado nele. Nem os criadores da Hello Games têm ideia de como serão a ecologia e os obstáculos dos planetas. “Nós vamos ficar constantemente surpresos, encontrando criaturas ou lugares que a gente não esperava que existissem,” disse Murray.

Os jogadores, ao descobrirem novos planetas, oceanos e animais, podem batizá-los oficialmente. As novas informações devem ser submetidas ao Atlas, um banco de dados universal dividido com outros jogadores. A partir das regras criadas pelo time da Hello Games, incluindo uma própria tabela periódica, o computador cria por si próprio as condições meteorológicas e a biologia do planeta.

Murray fez uma demonstração para Colbert, levando o apresentador a vários planetas. Em Teogicia, Murray batiza uma criatura parecida com uma mistura de dinossauro, canguru e alce de Stephenus Rex. O apresentador quis saber se existe a possibilidade de dois jogadores se encontrarem no mesmo planeta. “Sim”, responde Murray. “Mas ela é muito rara dada o tamanho do que criamos”.