Revista divulga média de salário dos profissionais de Hollywood

Por Marcelo Bernardes

A revista “Hollywood Reporter” desta semana revela o salário médio das mais diversas categorias de profissionais da indústria de entretenimento americano. Não faltou nem o especialista em perucas. Os que cuidam de tapar as carecas de Bruce Willis e John Travolta ganham US$ 1500 por semana.

 

Abaixo os números que constam nos holerites de Hollywood:

 

– Chefe de estúdio: De US$ 3 milhões a US$ 5 milhões por ano + bônus

– Chefe de emissora de TV: US$ 2.8 milhões (pra cima) por ano + bônus

– Produtor: De US$ 1.5 milhão a US$ 2 milhões. Alguns ganham percentuais da bilheteria

– Chefe de distribuição de filmes/chefe de marketing/chefe de producão: US$ 1 milhão por ano

– Diretor de cinema: De US$ 500 mil a US$ 3 milhões (este último valor foi o que Danny Boyle ganhou pelo filme “Steve Jobs”). Alguns ganham percentuais de bilheteria, contratos de distribuição e merchandising como foi o caso de Michael Bay, que embolsou US$ 80 milhões pelos filmes da série “Transformers”

– Diretor de TV: US$ 42 mil por episódio de série dramática; US$ 35 mil por episódio de sitcoms

– Roteirista de cinema: De US$ 1 milhão a US$ 3 milhões, se o crédito final do roteirista for mantido e ele não tiver que dividir com outros nomes contratados para revisar ou aprimorar o texto

– Roteirista de TV: US$ 37.368 por um roteiro dramático de uma hora de duração ou US$ 7 mil a US$ 15 mil por semana

– Criador de seriados de TV: US$ 50 mil por episódio

– Ator de cinema primeiro escalão: De US$ 5 milhões (Meryl Streep por “Ricki and the Flash”) a US$ 20 milhões (Denzel Washington por “The Equalizer”). Atores também ganham percentual de bilheteria. Robert Downey Jr. ganhou US$ 50 milhões pela série “Os Vingadores”

– Ator coadjuvate: US$ 350 mil (Kevin Kline por ser coadjuvante de Meryl Streep em “Ricki and the Flash”)

– Ator de TV: De US$ 75 mil a US$ 100 mil por episódio. James Spader ganha US$ 160 mil por episódio de “The Blacklist” e Johnny Galecki e Jim Parsons ganham US$ 1 milhão por episódio do sitcom “The Big Bang Theory”. Tudo depende das negociações com a emissora, baseado no valor de venda dos direitos de reprise dos episódios

– Ator coadjuvante de TV: US$ 20 mil a US$ 65 mil

– Figurantes: De US$ 150 a US$ 200 por dia

– Diretor de fotografia: De US$ 10 mil a US$ 20 mil por semana. Fotógrafos renomados como Roger Deakins, 12 vezes indicado para o Oscar, ganham US$ 30 mil por semana

– Assessor de imprensa particular de atores: US$ 400 mil por ano

– Assessor de imprensa de set de filmagens: US$ 2750 por semana, cerca de US$ 41 mil por filme

– Operador de câmera de TV: US$ 75 por hora, cerca de US$ 8 mil por episódio de seriados

– Assistente de direção: US$ 8 mil por semana, ou de US$ 120 mil a US$ 150 mil por filme

– Operador de microfone: US$ 1400 por semana ou US$ 21 mil por filme

– Eletricista: US$ 45 por hora, geralmente trabalha de 10 a 15 semanas por filme

– Maquiador: US$ 60 por hora; 14 semanas de trabalho por filme

– Figurinista: De US$ 3 mil a US$ 12 mil por dia

– Supervisor de roteiro: US$ 40 por hora ou US$ 7 mil por episódio de série de TV

– Animador de auditório (aquele que mantem o público aquecido antes de o sitcom ser gravado): De US$ 3 mil a US$ 5 mil por show

– Guia turístico de estúdio de TV ou cinema: US$ 26 por hora

– Dublê: US$ 899 por dia ou US$ 50 mil por filme

– Motorista: De US$ 30 a US$ 36 por hora