Hillary Clinton procura mulher branca e acha Kim Kardashian “atraente”

Por Marcelo Bernardes

Em seus recentes discursos, Hillary Clinton vem dando ênfase a temas como abuso sexual e controle de natalidade. A pré-candidata a presidência dos Estados Unidos tem um alvo em mente: mulheres brancas.

Em julho, Hillary tinha o apoio de 71% delas. Este mês, a intenção dos votos de mulheres brancas para a candidata caiu para 42%, um alarmante declínio de 29% em apenas oito semanas. Culpa da queda seria o desgaste da imagem de Hillary provocado pelo escândalo das mensagens de caráter secreto que ela mandou via e-mail particular.

Além de tópicos importantes voltados ao eleitorado feminino, Hillary vem visando também os shows de celebridades, onde aparece fazendo entrevistas leves. No programa “Extra” de ontem à noite, ela respondeu a perguntas sobre Donald Trump, dizendo que está “preocupada” com a “retórica inflamatória e destrutiva” do pré-candidato republicano.

Ela também revelou como conheceu Kim Kardashian. “Ela veio a um dos eventos de levantamento de fundos políticos em Los Angeles. Ela é muito calorosa e atraente, e fez uma simpática apresentação do marido dela (Kanye West), como seu eu não soubesse quem ele era”, disse Hillary ao “Extra”.