Cachorros ganham direito em restaurantes

Por baixomanhattan

Em Nova York existe uma forte reação contra os donos de animais de estimação que vão fazer compras ou almoçar e jantar fora e deixam os cachorrinhos amarrados em postes, alguns claramente estressados pela exposição indesejada. Outros encarando tudo numa boa, calmos, mas, mesmo assim, deitados na sujeira que são as ruas da cidade. Membros de associações protetoras de animais questionam o porquê das pessoas não comerem e fazerem compras primeiro, e depois sair com seus cachorros.

Uma grande vitória para os donos de quatro patas aconteceu ontem na capital do estado, Albany. O Senado novaiorquino passou um projeto de lei que agora vai permitir a entrada de cachorros em cafés e restaurantes que tem permissão de operar ao ar livre. (Somente cachorros de serviço eram autorizados).

Em breve cachorros poderão sentar-se ao lado dos donos em restaurantes com mesas nas calçadas em Nova York. (Foto: Marcelo Bernardes)
Em breve cachorros poderão sentar-se ao lado dos donos em restaurantes com mesas nas calçadas em Nova York. (Foto: Marcelo Bernardes)

Os cachorros só podem ficar na área da calçada onde estão as mesas. Continua proibida a entrada deles em recintos fechados. O projeto de lei agora tem que ser votado em assembléia e assinado pelo governador do estado, Andrew Cuomo.

Nova York será a segunda grande cidade americana a permitir a entrada parcial de cachorros em restaurantes. Em agosto, o governador de Califórnia, Jerry Brown, instituiu naquele estado lei que permite os cachorros de sentarem-se ao lado dos donos em áreas abertas.