Angelina Jolie, Beyoncé e Robert De Niro vão assistir à “luta do século”

Por baixomanhattan

Um vencedor do Oscar de melhor ator está indignado: é mais fácil arranjar ingressos para a cerimônia do prêmio mais famoso do cinema do que para uma das cadeiras das dez fileiras mais próximas ao ringue do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. Amanhã, naquele espaço, o lutador americano Floyd Mayweather enfrenta o filipino Manny Pacquiao pelo cinturão dos pesos-meio-médios unificados (66,7kg).

 

Batizada de “a luta do século”, esse evento do boxe deixou também até políticos, como o senador John McCain (do Partido Republicano), por exemplo, irritados com a falta de espaço na ala vip. Na mão dos cambistas, cada ingresso para as dez primeiras filas chegou ao recorde de US$ 350 mil.

Os lutadores americano Floyd Mayweather e o filipino Manny Pacquiao na coletiva de imprensa em Las Vegas. Eles se enfrentam amanhã na "luta do século". (Foto: Divulgação)
Os lutadores americano Floyd Mayweather e o filipino Manny Pacquiao na coletiva de imprensa em Las Vegas. Eles se enfrentam amanhã na “luta do século”. (Foto: Divulgação)

 

A luta de amanhã promete um desfile de celebridades, sem contar as festas de hoje a noite organizadas por Justin Bieber e Jay-Z (o rapper 50 Cent vai ganhar US$ 500 mil para se apresentar em uma delas). Os famosos de presença confirmada na luta até o momento são: Clint Eastwood, Angelina Jolie, Halle Berry, Robert De Niro, Mark Wahlberg, Matt Damon, Claire Danes, Jake Gyllenhaal, Beyoncé, Ben Affleck, Will Smith e Leonardo DiCaprio. Este último provavelmente vai topar com sua ex-namorada, a modelo Gisele Bündchen. Ela deve acompanhar o marido, o jogador de futebol Tom Brady, que é fanático por lutas de boxe. O ator Jamie Foxx vai abrir o evento, cantando o hino nacional americano.

 

Lutadores e seus fãs famosos: Mark Wahlberg com Pacquiao; Justin Bieber com Mayweather (Foto: Instagram)
Lutadores e seus fãs famosos: Mark Wahlberg com Pacquiao; Justin Bieber com Mayweather (Foto: Instagram)

 

As celebridades também se dividem na torcida. Mayweather, o atleta mais bem pago do mundo, é o favorito de Brady, Bieber, P. Diddy, Shaquille O’Neal e Mariah Carey. Já Pacquiao, que deve receber cerca de US$ 2.5 milhões somente por merchandising estampado em seu shorts, tem o apoio de Sylvester Stallone, Keanu Reeves, Liev Schreiber, Robert Duvall, Mark Wahlberg e até da atriz Diane Keaton.

 

Alguns consideram exagero o título “a luta do século”, mas os números e o nível dos boxeadores não deixam muito espaço para hype pequeno. Money e Pac-Man, como são conhecidos Mayweather e Pacquiao, são considerados por muitos especialistas como os melhores boxeadores das últimas duas décadas. A luta, a ser transmistida em várias partes do mundo, inclusive o Brasil, via pay per view, vai movimentar uma soma estimada em US$ 400 milhões, a maior já arrecadada para um evento de boxe. A economia da cidade de Las Vegas deve receber uma injeção de US$ 150 milhões por conta da luta. Vips devem gastar um média de US$ 50 mil por comida, acomodação e traslados amanhã.

Também é recorde o montante que a dupla de boxeadores vai embolsar pelo enfrentamento. O vencedor deve ganhar US$ 180 milhões e o perdedor, cerca de US$ 100 milhões. Nunca foi tão vantajoso beijar a lona.