Ainda existe humor no mundo

Por Milly Lacombe

O americano Eric Grzymkowski é um humorista sedutor, talvez porque fosse o caminho mais óbvio para uma pessoa com 9 consoantes no sobrenome, as seis primeiras juntas.

Eric nasceu em 1984 em Nova Jersey e passou seus anos de formação jogando Nintendo, segundo ele mesmo. “Desde que descobriu a Internet, em 1995, devotou o tempo livre a expandir seu conhecimento a todas as coisas inúteis e obscuras. Enquanto trabalhava em uma pet store em 2001, conseguiu efetuar a venda de um Chihuahua à medalhista olímpica Oksana Baiul. E essa ainda é sua maior conquista até hoje”.

(crédito: Milly Lacombe)
(crédito: Milly Lacombe)

Assim Eric se apresenta no livro “O que fazer quando…?”, que fala de “soluções simples para os cenários mais duros da vida”, recém lançado nos Estados Unidos.

Nele, o autor dá soluções para casos de ressaca, para casos de alianças de casamento que caem pelo ralo, para casos de ficar preso dentro do elevador, para casos de vida sexual inativa, casos de mandar a mensagem com conteúdo sexual para a pessoa errada, casos de esquecimento do próprio aniversário e, minha predileta porque já passei por isso, para casos de pisar em pregos.

Para todos os problemas, Eric oferece as graduações de “chance de acontecer” e “chance de prevenção”, que vão de baixa a alta passando por moderada, e depois explica como sair da situação delicada.

“Há no mundo todo uma quantidade enorme de pregos soltos pelo chão”, ele explica a respeito de meu confronto com um prego. “Aquilo que antes mantinha a casa de madeira de pé sobre a árvore agora tem apenas um propósito na vida: arruinar o seu dia”.

Ele então dá um passo-a-passo de como fazer e sugere que antes de mais nada o ferimento seja avaliado, depois disso que o prego seja removido (ele ensina como) e que em seguida você tome uma vacina anti-tétano.

O livro é um divertido passatempo, mas pode ser útil se levarmos em conta que pequenas grandes tragédias da vida moderna incluem derrubar um celular na privada e perder o filho dentro de um shopping.

Eric já havia escrito um outro livro igualmente divertido, “The quotable A**hole”, que apresenta centenas de frases de efeito que podem ser usadas para aqueles dias em que você não está muito a fim de ser educado, como uma atribuída a Muhammad Ali: “Se conseguem fazer penicilina do mofo do pão eles certamente podem fazer alguma coisa de você”