Após 33 anos, karaokê das estrelas de Hollywood fecha suas portas

Por baixomanhattan

Há quem diga que a afirmação é incorreta. Mas, por 33 anos, o bar Dimples, em Burbank, Califórnia, é considerado o mais antigo karaokê em funcionamento nos Estados Unidos. Ele é também – e talvez por ficar ao lado dos estúdios de cinema e TV como Walt Disney e Warner Bros. – o karaokê preferido das estrelas de Hollywood. Por lá já desafinaram (a maioria de pileque) estrelas como Britney Spears, Robert Pattinson, Kiefer Sutherland, Macy Gray, Katy Perry, Charlize Theron e Jennifer Love Hewitt.

 

Agora, por causa do fenômeno da gentrificação, a “limpeza” que acontece em bairros de grandes cidades, e que altera a composição racial e econômica da região, sobretudo com a construção de novos edifícios e lojas, que costumam fazer a população de baixa renda desaparecer, o Dimples vai fechar suas portas. No lugar vai surgir um prédio com 241 apartamentos e um supermercado Whole Foods. O projeto é orçado em US$ 165 milhões.

 

O Dimples tomou seu nome emprestado de um filme homônimo de Shirley Temple, lançado em 1936. No Brasil, o longa se chamou “A Princesinha das Ruas”. O dono do Dimples, o octagenário Sal Ferrero, colecionador de memorabilias de Hollywood, começou o karaokê por acidente. Ao ir a uma festa em Hollywood, em 1982,  ele descobriu um aparelho chamado “Singing Machine” (Máquina Cantante). O resto é história. A decoração do Dimples consistia de câmeras de cinema antigas, máquinas de editar filmes e alguns figurinos famosos. E os drinques têm fama de serem “aguados” ou “fortes demais”. Mas quem é que se importa com isso quando alguém pegava um microfone e cantava “I Want to Know What Love Is”, da banda Foreigner, ou “Splish Splash”, de Bobby Darrin?

 

Confira abaixo alguns dos mais famosos clientes do Dimples.