Motorista de táxi vira embaixador russo em “House of Cards”

Por Marcelo Bernardes

Da próxima vez que você pegar um táxi em Nova York e o motorista tiver sotaque russo, preste bem atenção: ele pode ser o ator que enfrenta a primeira-dama Claire Underwood (Robin Wright) na atual temporada do seriado “House of Cards”, do Netflix.

 

O taxista Alexander Sokovikov na edição de hoje do New York Post. (Crédito: Reprodução)
O taxista Alexander Sokovikov na edição de hoje do New York Post. (Crédito: Reprodução)

Em sua edição de hoje, o jornal The New York Post entrevista o taxista-ator Alexander Sokovikov, 40, que interpreta, em cinco episódios, o personagem Alexi Moryakov, embaixador russo nas Nações Unidas que entra em atrito com a primeira-dama por conta de uma rusga política entre Estados Unidos e Rússia. Em uma das melhores cenas desta temporada, a primeira-dama enfrenta, sem qualquer pudor, o embaixador num banheiro público feminino enquanto ela retoca a maquiagem e faz xixi.

 

Sokovikov, que trabalha como motorista de táxi em Nova York cinco dias por semana, enquanto aguarda convites para fazer pontas em filmes e series de TV, foi chamado para um teste para o papel do presidente russo na trama. Ele não passou da primeira vez.  A produção de “House of Cards” queria alguém mais velho. O ator-taxista foi chamado de volta várias vezes para ser testado em outros papéis secundários, até que fisgou o do embaixador russo. “A Rússia estava começando a se comportar ridiculamente em âmbito global, o que deu enorme inspiração aos roteiristas do programa”, disse Sokovikov ao The New York Post.

 

Sokovikov em cena com Robin Wright em "House of Cards". (Crédito: Divulgação)
Sokovikov em cena com Robin Wright em “House of Cards”. (Crédito: Divulgação)

Nascido na Rússia, Sokovikov imigrou com a família para os Estados Unidos em 1990. Seis anos depois, voltou para Moscou para fazer curso de interpretação. De volta à Nova York, começou a dirigir um táxi para manter-se na cidade. Ele está sempre pronto para fazer testes de última hora e, dias antes de viajar para o set de “House of Cards”, na cidade de Baltimore, ele estava acelerando seu táxi pelas ruas de Manhattan.

 

Não se trata do primeiro motorista profissional a ganhar papel de destaque numa produção de Hollywood. Em 2013, o somali Barkhad Abdi, que era motorista de limusines, foi fazer um teste para um dos papéis de piratas-terroristas no filme Capitão Phillips, estrelado por Tom Hanks. Adbi não só conquistou o personagem, como foi, um ano mais tarde, indicado para o Oscar de ator coadjuvante.

 

Sokovikov revela ao The New York Post que não é reconhecido ainda pelos passageiros. Sobre sua passagem pelo set de “House of Cards”, ele revela como foi encontrar o protagonista, o ator Kevin Spacey. “Não pude tirar meus olhos dele. Quando ele está no set, ele é a pessoa mais charmosa, a mais interessante, e a mais atraente (ali)”.

 

Siga o Baixo Manhattan também via Instagram: @blogbaixomanhattan