Bilheteria mundial: Brasil ainda fora do “grupo dos dez”

Por baixomanhattan

Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil não faz parte dos dez maiores mercados de cinema no mundo. O México ocupa a 10a. posição desde 2013, quando o Brasil caiu para o 11o. lugar no ranking. Segundo estudo conduzido pela Associação Cinematográfica dos Estados Unidos (MPAA, em inglês) e que acabou de ser divulgado, o Brasil arrecadou um total de US$ 800 milhões em 2014. Em 2013, o montante foi de US$ 900 milhões.

 

A bilheteria global, em 2014, bateu recordes: US$ 36.4 bilhões, um aumento de 1% sobre o ano anterior. O número de salas de cinema no mundo aumentou em 6%, com um total de 142 mil cinemas em funcionamento. Na Ásia, o número de salas cresceu em 15%.

 

Entre os dez maiores mercados, excluindo os Estados Unidos, a China ocupou o primeiro lugar em 2014, com uma arrecadação de US$ 4.8 bilhões. É o primeiro país do mundo, depois dos Estados Unidos, a arrecadar mais de US$ 4 bilhões. Ainda o maior mercado de cinema do mundo, o circuito americano arrecadou um total de US$ 10.4 bilhões em 2014. Mas trata-se de uma queda: os cinemas americanos tiveram um decréscimo de 5% no faturamento se comparado com a performance de 2013.

 

Os números globais abaixo:

 

(Crédito: cortesia MPAA)
(Crédito: cortesia MPAA)